Por: Redação / atlanticanews
11/09/2021 - 07:36:00

A Operação Independência, realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) nas rodovias federais que cortam a Bahia, intensificou a fiscalização e os esforços voltados à segurança viária, prevenção e redução da gravidade dos acidentes de trânsito e à garantia da mobilidade nas rodovias do país. Este ano, quatro pessoas morreram durante o feriado nas rodovias baianas, uma redução de 71% com relação ao ano anterior, quando 14 pessoas vieram a óbito.

Em relação ao mesmo período do ano anterior, a PRF na Bahia registrou uma redução de 39% no número de acidentes totais, 61 em 2020 contra 37 este ano. Destes, 24 foram acidentes graves, quando resultam em pelo menos um óbito ou ferido gravemente. Do total de acidentes registrados, 62 pessoas ficaram feridas, número que representa uma redução de 21% em relação ao mesmo período do ano passado.

Apesar de todo o trabalho educativo, muitas pessoas se arriscaram e colocaram a vida de outras pessoas também em risco. Foram emitidas 4.118 notificações referentes a infrações diversas.

Nesse ranking de imprudências mais constatadas pelos policiais, está ainda a ultrapassagem proibida, com 909 autos extraídos, o que representa mais de sete flagrantes por hora de operação. Houve ainda o flagrante de 146 motoristas que assumiram o volante depois de consumir bebida alcoólica.

O uso dos equipamentos de segurança obrigatórios também esteve no foco das fiscalizações. Foram emitidos 111 autos de infração para motociclistas ou passageiro sem capacete. Perigo também geraram os 18 motoristas que usavam o celular enquanto dirigiam, o que gera distração e risco de acidentes. Obrigatório não só para o motorista, mas também para todos os ocupantes do veículo, o cinto de segurança, ou melhor, o não uso dele gerou mais de 368 autuações.  Quando o alvo das fiscalizações foi a criança sem cadeirinha, 61 autos foram emitidos.

No total, 274 veículos foram recolhidos ao pátio da PRF, por diferentes irregularidades seja na documentação, ou no estado de conservação e até ausência equipamentos obrigatório.

“A expertise policial permitiu realizar trabalhos de prevenção e manutenção da segurança viária e da mobilidade, sem deixar de lado as atuações no combate à criminalidade. Durante a Operação Independência 2021, a PRF na Bahia recuperou 05 veículos com registro de roubo ou furto. Duas armas de fogo e 04 munições foram apreendidas. Vinte pessoas foram detidas por diversos crimes”, diz o balanço.


Enquete

Qual seu grau de confiança em Bolsonaro após novas polêmicas?





VOTAR PARCIAL