Por: Assessoria de Comunicação
31/05/2020 - 01:27:05

O primeiro veículo foi flagrado no município baiano de Aurelino. Horas depois, outra equipe da PRF recuperou um segundo veículo na região de Eunápolis (BA) de propriedade de uma locadora. Com essas duas apreensões, totalizam 107 o número de veículos recuperados pela PRF na Bahia só neste mês de maio.

Na manhã de hoje (30), por volta das 09h e 30 minutos, policiais rodoviários federais realizaram a abordagem a um veículo, no KM 445 da BR 101, região do município baiano de Aurelino Leal.

Era um VW/Fox 1.0, que ao ser submetido à inspeção dos elementos identificadores, foi constado sinais de adulteração e que tratava-se na verdade de outro veículo da mesma marca, que tinha registro de roubo na cidade de Salvador.

Horas depois, em um ponto distinto da BR 101, no KM 720, região do município baiano de Eunápolis, outra equipe de policiais flagrou também um veículo com registro de furto/roubo no último dia 24 de maio, em Natal, capital potiguar.

A proprietário do automóvel, um Chevrolet Onix Sedan, estava em nome de uma locadora de veículos. O condutor alegou que o carro havia sido alugado pelo período de 01 ano, supostamente pelo tio da passageira. Porém, os policiais descobriram que o condutor já havia respondido duas vezes pelo mesmo crime, tendo como vítima também locadora de veículos.

As duas ocorrências aconteceram durante a execução da Operação Tamoio, lançada nacionalmente pela PRF na última quinta-feira (28), que objetiva o enfrentamento qualificado da criminalidade com a utilização dos grupos especializados da PRF no combate à crime e reorientação das ações através da inteligência policial, aumentando assim, a assertividade das abordagens.

Nas duas situações, os envolvidos foram presos e levados junto com os veículos para a Delegacia de Polícia Judiciária.

SISTEMA SINAL – Para cadastrar casos de roubo ou furto de veículos, as pessoas podem acessar o site http://www.prf.gov.br/sinal e inserir informações sobre o crime e as características do automóvel. De imediato, uma mensagem é enviada para os celulares dos policiais que estejam mais próximos da ocorrência, para auxiliar na recuperação do veículo. Vale ressaltar que o registro no sistema não substitui a confecção do Boletim de Ocorrência na Polícia Civil.

Para denúncias e emergência disque 191.

 


Enquete

Bolsonaro vetou obrigatoriedade de máscara em órgãos públicos, estabelecimentos comerciais e industriais, templos religiosos e locais fechados, mas não tem valor sobre decretos estaduais e municipais. O que você achou da decisão?




VOTAR PARCIAL