Por: G1 BA
27/02/2024 - 06:55:05

A Bahia registrou 16.771 casos prováveis de dengue até 24 de fevereiro de 2024, segundo informação divulgada pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), nesta segunda-feira (26).

O dado representa o aumento de quase 100% em relação a 2023, quando, no mesmo período, foram notificados 8.408 casos prováveis.

A elevação foi puxada principalmente pelos municípios de Vitória da Conquista e Feira de Santana, ambos em situação epidêmica. No total, 64 cidades baianas estão em situação de epidemia para dengue.

Além do número de casos, quatro óbitos já foram confirmados na Bahia pela Câmara Técnica Estadual de Análise de Óbito, sendo um em Ibiassucê, dois em Jacaraci e um em Piripá.

A quarta vítima, o morador Ibiassucê, no sudoeste da Bahia, tinha 87 anos. Ele faleceu em 13 de fevereiro.

A confirmação da quarta morte também divulgada nesta segunda-feira, pela Sesab. O governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues, lamentou o óbito durante a agenda de compromissos na Espanha.

"Quero pedir a colaboração de cada pessoa para nos ajudar nessa guerra contra a dengue e quero deixar aqui os meus sentimentos à família da última vítima da doença na Bahia. Tenham certeza que nós não estamos parados", afirmou.

A resposta do governo estadual à dengue inclui a aquisição de novos carros de Ultra Baixo Volume (UBV), também conhecidos como fumacês, distribuição de aproximadamente 12 mil kits para os agentes de Combate às Endemias, intensificação dos mutirões de limpeza com o auxílio das forças de segurança e emergência, além da utilização de agentes com bombas costais em diversas cidades.

É importante que a população que continue seguindo as recomendações de prevenção, como eliminar água parada, usar repelente e procurar assistência médica ao identificar sintomas da doença. A colaboração de todos é fundamental no combate à dengue.

Foto: Reprodução/TV TEM


Enquete

Itagimirim: 2024 é ano de eleição municipal. Você votará para reeleger atual prefeito ou eleger outro (a) candidato (a)?




VOTAR PARCIAL