Por: Assessoria de Comunicação/ DayHORC
15/05/2022 - 08:43:50

 

imagem_ilustracao.webp

hospitaldeolhos.net

 

 

No dia 28 de maio, moradores de Porto Seguro (BA), com mais de 35 anos de idade, vão poder participar da primeira edição do Projeto Olhar do Futuro, que consiste na promoção de serviços oftalmológicos 100% gratuitos. A ação visa realizar uma triagem para o glaucoma e a retinopatia diabética, que são as duas principais causas de cegueira no mundo. Com o apoio do DayHORC – empresa que integra o Grupo Opty na Bahia, o evento será realizado no SENAC (Avenida Village, 287 – Taperapuan), das 8h às 13h.

 

“O mutirão, que acontece no Maio Verde – mês de combate ao glaucoma, vai realizar aferição de pressão arterial, medição de glicemia capilar, avaliação da pressão intraocular e avaliação do fundo de olho”, detalha a idealizadora do Projeto e diretora técnica e clínica da Oftalmoluz, Cristiame Calheiros.

 

Ainda de acordo com a médica, especialista em glaucoma, no dia da ação serão distribuídas senhas, e o atendimento será realizado por oftalmologistas voluntários. A expectativa é que cerca de 500 pessoas sejam beneficiadas com a iniciativa. Vale lembrar que é fundamental levar o RG para ser contemplado com os serviços. O Projeto Olhar do Futuro conta com o apoio de 14 empresas e o patrocínio da Oftalmoluz e Óticas Carol.

 

Glaucoma

Para a Organização Mundial da Saúde, em 2040, mais de 111 milhões de pessoas terão o diagnóstico de glaucoma. No Brasil, a doença ocular atinge mais de 900 mil indivíduos, segundo o Ministério da Saúde. Nos últimos anos, a pandemia potencializou ainda mais as estatísticas.

 

“Existem vários tipos da doença, sendo o glaucoma primário de ângulo aberto o mais comum.  Pelo fato de ser uma doença silenciosa, na maior parte das vezes o paciente não sente dor, coceira, ardência ou qualquer incômodo visual. Outro tipo é o glaucoma de ângulo fechado, neste a pressão intraocular eleva-se mais rapidamente, podendo levar a sintomas como dor ocular e cefaleia. Caso não tenha o tratamento adequado e em tempo hábil, pode levar à cegueira total”, explica Cristiame Calheiros, reforçando a importância do check-up oftalmológico anual.

 

Sobre o Opty

O Grupo Opty nasceu em abril de 2016, a partir da união de médicos oftalmologistas apoiados pelo Pátria Investimentos, que deu origem a um negócio pioneiro no setor oftalmológico do Brasil. O grupo aplica um novo modelo de gestão associativa que permite ampliar o poder de negociação, o ganho em escala e o acesso às tecnologias de alto custo, preservando a prática da oftalmologia humanizada e oferecendo tratamentos e serviços de última geração em diferentes regiões do País. Nesse formato, o médico mantém sua participação nas decisões estratégicas, mantendo o foco no exercício da medicina.

 

Atualmente, é o maior grupo de oftalmologia da América Latina, agregando 25 marcas associadas, 79 unidades, 1300 médicos oftalmologistas e 2800 colaboradores atuando em todas as regiões do país. Além das marcas próprias HOBrasil (BA, DF, RJ e SP) e Centro Oftalmológico Dr. Vis (DF, PE, RJ e SC), fazem parte dos associados: o Hospital Oftalmológico de Brasília (DF), Hospital de Olhos INOB (DF), Hospital de Olhos do Gama (DF), Visão Hospital de Olhos (DF), Instituto de Olhos Freitas (BA), o DayHORC (BA), Instituto de Olhos Villas (BA), Oftalmoclin (BA),  Hospital de Olhos Santa Luzia (AL), Hospital de Olhos Sadalla Amin Ghanem (SC), Centro Oftalmológico Jaraguá do Sul (SC), Sadalla.Smart (SC), HCLOE (SP), Visclin Oftalmologia (SP), EyeCenter Oftalmologia (RJ), COSC (RJ), Oftalmax Hospital de Olhos (PE), UPO Oftalmologia – Unidade Paulista de Oftalmologia (SP), HMO – Hospital Medicina dos Olhos (SP), Visão Center (PE), OftalmoDiagnose (BA) e CEOP – Centro de Olhos do Pará (PA).

Fonte: Assessoria de comunicação  DayHORC


Enquete

Você acredita que teremos um surto de covid após os festejos juninos?




VOTAR PARCIAL