Por: Ascom
07/02/2020 - 11:54:11

A paciente F.F.F. proveniente da Alemanha deu entrada no Hospital Luís Eduardo Magalhães em Porto Seguro no dia 05/02/2020, por volta de 10h, encaminhada pelo SAMU 192, com quadro compatível com síndrome gripal, com início dos sintomas em 03/02/2020, dia em que chegou ao município. Diante da suspeita, foram realizadas intensificações das ações de vigilância em saúde, prevenção e controle no município, culminando com a notificação do caso, bem como monitoramento dos contatos e coleta de exames para confirmação diagnóstica. O resultado do exame da orofaringe confirmou o diagnóstico de Influenza A, subtipo H1N1.

Os indivíduos com quadro suspeito de influenza podem apresentar febre de inicio súbito, acompanhada de tosse ou dor de garganta e pelo menos um dos sintomas: cefaléia, mialgia ou artralgia, desconforto respiratório, sintomas semelhantes à uma gripe comum. Como qualquer gripe pode evoluir para sinusite ou até para um quadro pulmonar. A transmissão é diretamente de pessoa a pessoa, por meio das secreções do nariz e da boca expelidas pelo doente ao tossir, respirar ou falar.

Como medidas de prevenção e controle, a orientação do Ministério da Saúde é: lavar as mãos frequentemente com água e sabão e usar álcool em gel; evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas; evitar contatos próximos com pessoas doentes; cobrir nariz e boca ao tossir ou espirrar com lenço de papel e limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

A Secretaria Municipal de Saúde de Porto Seguro/BA, através da Superintendência de Vigilância em Saúde, realizou todas as ações necessárias para interrupção da cadeia de transmissão da doença, mantendo uma vigilância ativa para detecção oportuna de casos suspeitos e adoção de respostas rápidas para prevenção de surtos.

 


Enquete

Como você tem vivido financeiramente durante a pandemia?






VOTAR PARCIAL