Por: Redação / atlanticanews
26/03/2020 - 14:04:33

Devido à pandemia da Covid-19, o Papa Francisco definiu alterações na programação da Semana Santa deste ano. A diocese de Eunápolis comunicou nesta quarta-feira (25) como acontecerão as celebrações da Igreja.

O Domingo de Ramos e da Paixão do Senhor será celebrado no dia 5 de abril, em rito simplificado, sem procissão e sem a presença dos fiéis. Serão admitidos como colaboradores imediatos no máximo dez pessoas que não pertençam ao grupo de risco da pandemia.

A Missa do Crisma ou da Unidade, que seria celebrada na catedral na Quinta-feira Santa, será adiada para data futura, quando terminar o tempo de quarentena.

O Tríduo Pascal (Missa da Ceia do Senhor, Celebração da Paixão e a Vigília Pascal) será celebrado na Catedral e nas igrejas paroquiais sem a participação dos fiéis, podendo ser transmitido ao vivo (não gravado). Os fiéis serão avisados pelos párocos do dia e da hora do início de cada celebração de modo que possam se unir em oração nas respectivas celebrações. Não haverá lava-pés, nem procissão. Os sacerdotes que não puderem celebrar a Missa, rezarão o Ofício de Leituras indicado para o dia (Liturgia das Horas).

“Todos os fiéis exerçam suas expressões de piedade em suas residências. É tempo de quarentena. Não devemos sair de nossas casas. Estamos em constante oração por todos, especialmente pelas vítimas acometidas pelo novo vírus e pelos fiéis defuntos. Que Nossa Senhora Auxiliadora nos ajude a vencer essa pandemia. Rezemos por todos independentemente da religião e da fé. Somos todos filhos e filhas do mesmo Pai Misericordioso”, diz em nota o bispo Dom José Edson.

As alterações, frisa, ocorrem “diante do atual cenário nacional e internacional, em conformidade com as determinações da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, decreto de 19 de março de 2020, Prot. N. 153/20 pelo Cardeal Robert Sarah, prefeito, e considerando o impedimento para celebrar a liturgia comunitariamente na igreja, apenas neste ano 2020, por mandato do Sumo Pontífice, o Papa Francisco”.

 


Enquete

O que você acha do comportamento do presidente Bolsonaro diante da pandemia do novo coronavírus?




VOTAR PARCIAL