Por: Pimenta Blog
20/12/2021 - 07:24:30

O governador Rui Costa, da Bahia, participou do jantar que reuniu o ex-presidente Lula e Geraldo Alckmin, ex-governador de São Paulo, na noite deste domingo (19). O petista falou da necessidade de união do campo democrático para a reconstrução do país, sinalizando que aprova a união do ex-tucano com o pré-candidato a presidente da República pelo PT.

“Independente de partidos, reconstruir o Brasil é uma tarefa para muitos, que só será possível com união. Não só com quem pensa exatamente igual a nós, mas com todos que queiram o bem do nosso país, para que a gente possa ultrapassar a tragédia que o Brasil vive hoje”, escreveu ele em post em suas redes sociais na qual aparece em foto que capta o momento do abraço de Lula e o ex-governador Alckmin.

Alckmin, que deixou o PSDB, é dado como nome praticamente certo para compor a chapa presidencial com o ex-presidente Lula. O jantar da noite deste domingo foi o segundo passo de Alckmin em direção ao posto de candidato a vice-presidente da República em 2022 na chapa com o principal nome do PT e das esquerdas na cabeça. O primeiro passo dele neste sentido foi a desfiliação do PSDB, partido que ajudou a fundar há 30 anos.

No post em que aparece ao fundo e com Alckmin e Lula se abraçando, o governador baiano disse acreditar no trabalho. “Amanhã estarei de volta à Bahia com mais correria e agendas em dois municípios e no Extremo Sul. A região precisa muito do nosso trabalho. E estamos chegando junto.”, escreveu Rui Costa.

Foto: Divulgação

 

Enquete

Para você, o aumento dos combustíveis é responsabilidade de qual governo?




VOTAR PARCIAL