Por: Rodolfo Milone
28/05/2021 - 19:52:24

Veja como conservar lingeries de renda por mais tempo

 

Lingeries de renda exigem manutenção cuidadosa (Foto: Compra Fácil Lingerie/Divulgação)

A fim de manter as roupas com aparência de novas e expandir a durabilidade das peças, é preciso ter cuidado com a manutenção. Toda atenção é pouca na hora de lavar, secar e guardar. Quando se trata de lingerie de renda, que é ainda mais delicada, a pessoa deve ser mais cuidadosa. 

Portanto, para garantir que o sutiã ou a calcinha de renda dure por bastante tempo, há algumas dicas que a consumidora deve estar atenta, a fim de aproveitar a beleza e o conforto da peça ao máximo.

Como lavar a lingerie

Quando se trata de peças íntimas, recomenda-se a lavagem à mão. A máquina de lavar, mesmo em intensidade baixa, pode rasgar ou danificar o tecido. Por isso, sempre que possível, a pessoa deve lavar a lingerie manualmente. 

Outro ponto que merece atenção são os produtos utilizados. Como a calcinha entra em contato direto com a parte íntima, é preciso priorizar sabonetes neutros, cujos resíduos não irritam a região. Por outro lado, detergentes e sabão em pó têm bastante substâncias químicas e devem ser evitados. 

Vale também se atentar à temperatura da água: tecidos como a renda não reagem bem ao calor, tornando o material mais elástico. A dica, portanto, é fazer a lavagem com água fria ou morna, evitando ultrapassar 30ºC.

Atenção na secagem 

Apesar de ser um hábito comum, deixar a calcinha ou sutiã secando no banheiro, após a lavagem no banho, é extremamente nocivo para a saúde íntima. O ambiente úmido torna o tecido da lingerie um hospedeiro ideal para fungos e bactérias que podem causar alergias e infecções. 

Portanto, na hora da secagem, recomenda-se ambientes arejados - como varais na varanda ou próximos à janelas. Também é preciso se atentar à exposição solar. Como temperaturas altas não são indicadas, o ideal é deixar a peça secando em local que não receba raios de sol com frequência. 

Outra dúvida que pode surgir é sobre a maneira certa de passar a lingerie. Normalmente, peças íntimas não demandam ferro de passar, porque não amarrotam e nem ficam todo o tempo à mostra. 

Entretanto, para quem deseja passar o item, é preciso cuidado. Mais uma vez, o calor é inimigo da conservação da lingerie. Nesse caso, a dica é optar pela potência mínima do ferro e colocar algum outro tecido mais resistente, como algodão, entre o equipamento e a renda - evitando o contato direto. 

Cuidados na hora de guardar

Como lingeries de renda são sensíveis e delicadas, a mulher também deve se atentar ao local onde guarda as peças. Armários com superfícies ásperas, por exemplo, podem rasgar o item. Outro ponto que merece atenção é a circulação de ar, uma vez que lingeries não devem ficar em espaços abafados. 

Nesse caso, colocar as peças íntimas em sacos próprios é ideal para proteger de agentes externos, que podem danificar o tecido. No caso do material utilizado para a sacola, o TNT permite a troca de ar, deixando as peças respirarem, mesmo quando armazenadas. 

O cuidado com superfícies cortantes vale também na hora de montar o look. Utilizar itens com zíper, tachas e velcro próximos a renda pode ser perigoso. Caso não seja possível evitar, a recomendação é manusear a roupa lentamente, a fim de impedir o contato do tecido da lingerie com o material mais bruto.


 


Enquete

Qual seu grau de confiança em Bolsonaro após novas polêmicas?





VOTAR PARCIAL