Por: Aline Nunes/Glamour
06/05/2020 - 11:58:12

Quando você liga a TV para ver um jornal ou entra numa sala de reunião (presencial ou on-line, como tem sido nosso cenário atual), você fica mais confortável quando vê pessoas básicas (que usam roupa preta, branca ou cinza) ou quando você enxerga nas pessoas um ponto de cor (em um brinco, lenço, colar, relógio, óculos ou roupas coloridas)?

Duvidamos que primeira pessoa te deixe mais à vontade, entusiasmado e seguro... As cores promovem intimidade, credibilidade, otimismo e afetam diretamente o nosso cérebro, transformando a maneira como somos vistos. Esse é o poder da cromoterapia!

Abaixo, a consultora de estilo e cromoterapeuta, Aline Nunes, dona do projeto @armariodobem, listou cinco bons motivos para você usar cor no webnário da firma ou simplesmente para ficar aí no seu sofá (maratonando séries, LIVES, livros), com um detalhe: se sentindo BEM. Confira abaixo:

1- Pessoas que abusam das cores básicas como o preto, por exemplo, inicialmente até refletem uma imagem de poder, sabedoria, riqueza, no entanto, em excesso ecoam até prepotência e falta de empatia.

2- O branco é excelente para ‘abrir novos caminhos’, mas em tempos de isolamento social, na sua casa ou nas suas roupas, ele causa tristeza e vazio. Se for usá-lo, mescle com acessórios coloridos. Já o cinza é o cara ‘sem posicionamento’. Se você vive em dúvida, evite!

3- Cores quentes como o vermelho, laranja e amarelo dão energia, entusiasmo, estimulam a criatividade e o amarelo, inclusive, alimenta uma imagem de liderança. Com pessoas muito frias, introspectivas, mais sisudas, podemos ‘quebrar o gelo’ com alguma dessas cores. Tenho certeza que você vai amolecer aquele chefe difícil ou amigo teimoso!

4- Cores frias como o verde, azul e roxo são necessárias também nesse momento de quarentena. Geralmente, elas nos acalmam, e nos ajudam a lidar com aquelas pessoas explosivas, ‘esquentadinhas’. Experimente um verde, ligado à reconstrução, com uma pessoa que só reclama. Ah, detalhe: se você for a tal reclamona, a cor vai fazer você pensar mais antes de sair reclamando! :)

5- Jogo rápido do Bem: azul (confiante), rosa (dócil), vermelho (decisivo), verde (pacífico), amarelo (líder), laranja (criativo), marrom (equilibrado), roxo (inovador).

Gostaram? Aqui vão mais duas dicas certeiras: se você tem dificuldade de combinar cores, baixe um aplicativo gratuito que simula um círculo cromático (uma roda de cores como essa aqui abaixo que simula qual cor você combinar com a outra). O aplicativo se chama Colour Assist.

E uma dica de leitura para a quarentena: "A Psicologia das Cores", da Eva Heller, livro completo sobre a história das cores ao longo dos anos. Anotou?

Sobre o armário do bem:

"O Armário do Bem é um projeto de consultoria de imagem e estilo que nasceu comigo, Aline Nunes, jornalista, roteirista e consultora, que durante anos enfrentei sérios dilemas com o espelho, a imagem, e encontrei nos processos de autoconhecimento uma libertação para confiar em mim mesma e enxergar o quanto as cores me deixavam mais feliz e empoderada. E, claro, me fez testar isso com outras pessoas!"

 

Enquete

Bolsonaro vetou obrigatoriedade de máscara em órgãos públicos, estabelecimentos comerciais e industriais, templos religiosos e locais fechados, mas não tem valor sobre decretos estaduais e municipais. O que você achou da decisão?




VOTAR PARCIAL