Por: Assessoria de Comunicação Veracel
19/03/2024 - 08:48:53

Grupo com 26 voluntários existe desde 2005 para reportar percepções de odor características do processo de fabricação de celulose para a Veracel. Essa é uma parceria entre a empresa e moradores locais e faz parte do compromisso da Veracel com a qualidade de vida da população que vive em sua área de atuação 
 

 
 
 

 A Veracel Celulose promoveu no último sábado (16) uma nova edição do encontro de sua Rede de Percepção de Odor (RPO). Essa agenda é realizada anualmente, com os objetivos de reciclar o treinamento dos voluntários para a percepção de odores e validar os registros de ocorrências nas comunidades durante o ano.

 

A RPO existe desde 2005 e é formada por um grupo de 26 voluntários, que moram em cidades do entorno da fábrica da Veracel - Itapebi, Itagimirim, Belmonte, Santa Maria Eterna, Eunápolis, Mundo Novo, Projeto Maravilha, Vera Cruz e Barrolândia. Esse grupo é treinado anualmente para identificar o odor característico do processo de fabricação de celulose e notificar a empresa caso haja algo fora do padrão.

 

Os voluntários podem usar um canal 0800 para comunicar as ocorrências ao time de gestão da fábrica e qualificar o odor como forte ou fraco. É importante ressaltar que, mesmo em caso de odor, não há danos à saúde. “Temos a missão de contribuir para a melhoria da qualidade de vida das populações que vivem ao redor de nossas instalações, e a RPO é essencial para nos ajudar a entender se as nossas atividades industriais estão causando algum incômodo para elas”, comenta Tarciso Matos, coordenador de Meio Ambiente da Veracel. “Os registros se tornaram indicadores de desempenho ambiental estratégico e, diariamente, os colaboradores da Veracel se empenham para eliminar qualquer ocorrência de percepção de odor na fábrica”. 

 

Quando esse canal é acionado, a empresa dá início a um plano de ação para controlar o cheiro da forma mais rápida possível. “Ao recebermos qualquer tipo de reclamação, abrimos um procedimento de investigação e análise para a eliminação do problema.  Além disso, temos um plano de manutenção preventiva rigoroso, para garantir uma baixíssima emissão de odor da fábrica”, detalha Tarciso. Segundo o coordenador, essas medidas posicionam a Veracel como uma das referências nesse tipo de controle no setor de celulose. “Poucas empresas no país possuem uma rede de percepção como a nossa, marcada pela perenidade, com pessoas que se mantêm comprometidas por tantos anos”, complementa ele.

 

 

Resultados

 

A 19ª edição do encontro mostrou que os resultados do monitoramento têm indicado uma importante evolução no controle de odor e nos padrões operacionais da fábrica. Em 2023, a empresa registrou apenas três ocorrências nas comunidades. Para 2024, a Veracel manteve a meta de receber, no máximo, apenas três ocorrências - ainda não houve reclamação neste ano.

 

 

Relacionamento forte

 

O encontro deste ano trouxe um diferencial em relação aos anteriores: o local escolhido. Diferentemente das últimas edições, a do último sábado aconteceu no Terminal Marítimo de Belmonte (TMB), um terminal de uso privado da Veracel para o escoamento da sua produção de celulose. 

 

Essa escolha serviu como uma forma de estreitar ainda mais o relacionamento com o grupo de voluntários da RPO, que conheceu mais sobre as operações marítimas de escoamento de celulose e também sobre as ações ambientais que a Veracel realiza no local, como a operação do Centro de Reabilitação de Tartarugas Marinhas, o único do extremo Sul da Bahia, inaugurado em setembro do ano passado. Na oportunidade, a Veracel também promoveu uma palestra sobre autocuidado e ainda sobre saúde física e mental, incentivando o grupo, que tem responsabilidades para o bem-estar de suas comunidades, a buscar também o melhor para si no dia a dia. 

 

 

Sobre a Veracel

A Veracel Celulose é uma empresa de bioeconomia brasileira que integra operações florestais, industriais e de logística, que resultam em uma produção anual média de 1,1 milhão de toneladas de celulose, gerando mais de 3,2 mil empregos próprios e de terceiros, na região da Costa do Descobrimento, sul da Bahia e no Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais. Além da geração de empregos, renda e tributos, a Veracel é protagonista em iniciativas socioambientais no território. A consultoria Great Place to Work (GPTW) validou a Veracel como uma das melhores empresas para trabalhar no Brasil pelo 6º ano consecutivo.

Além dos mais de 100 mil hectares de área protegida ambientalmente, é guardiã da maior Reserva Particular do Patrimônio Natural de Mata Atlântica do Nordeste brasileiro.


Enquete

Itagimirim: 2024 é ano de eleição municipal. Você votará para reeleger atual prefeito ou eleger outro (a) candidato (a)?




VOTAR PARCIAL