Por: Assessoria de Comunicacao Veracel
04/10/2021 - 09:20:10

Resultados de 15 anos de monitoramento no território de atuação da Veracel Celulose mostram também que o consumo de água no plantio de eucalipto é similar as áreas de vegetação nativa

 São 15 anos de monitoramento de microbacias na área de atuação da Veracel Celulose, no Sul da Bahia, realizado em parceria com o Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais (IPEF - ESALQ USP), no âmbito do Programa Cooperativo de Monitoramento de Bacias Hidrográficas (PROMAB). Os resultados deste período de estudos indicam que a qualidade e o comportamento hidrológico da microbacia da floresta de eucalipto são muito similares aos da floresta nativa e houve pouco desvio na produção de água. A avaliação foi apresentada no final de julho pelo Prof. Dr. Silvio Ferraz, da ESALQ/USP (Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo) e líder do PROMAB.
 

Com o objetivo de entender os efeitos do manejo florestal sobre a qualidade e vazão da água, o PROMAB conduz um trabalho de monitoramento permanente em 21 microbacias experimentais em todo o Brasil, sendo quatro deles na Veracel. O estudo mede de forma contínua os valores de precipitação pluviométrica, nível e a qualidade da água de superfície e do lençol freático. Os sensores instalados em pontos de monitoramento estratégicos, permitem que os parâmetros de vazão da água são registrados a cada 15 minutos durante todo o dia e, quinzenalmente, a equipe de campo realiza a coleta de amostras de água para avaliação da qualidade da água.
 

Desde 2005, quando a Veracel Celulose passou a integrar o programa com uma microbacia localizada em área de plantio florestal, os valores de precipitação pluviométrica, nível e a qualidade da água de superfície e do lençol freático são monitoradas de forma constante. "A apresentação dos dados capturados nesses 15 anos de monitoramento são a comprovação da qualidade e da longevidade deste estudo, que tem nos apoiado durante os anos para subsidiar nossas estratégias de manejo sempre de forma sustentável e consciente", ressalta Moacyr Fantini, diretor florestal da Veracel. Os resultados qualificam o manejo florestal empregado pela Veracel como ambientalmente adequado, o que é muito importante para a empresa e a região.
 

"A Veracel tem sido uma ótima parceira investindo voluntariamente no monitoramento hidrológico por mais de uma década. O compromisso e a seriedade de empresas como a Veracel nos incentivam a manter e a ampliar o trabalho do PROMAB, cada vez mais, em prol da conservação da água em áreas de manejo florestal", ressalta o professor Silvio Ferraz do PROMAB.
 

Imagem de uma das microbacias monitoradas no projeto (Foto: Divulgação Veracel)



Sobre a Veracel Celulose
 

Veracel Celulose celebra 30 anos de atuação em 2021. Com a fábrica em Eunápolis, no Sul da Bahia, a companhia integra operações florestais, industriais e de logística em mais 10 outros municípios da região. Responsável pela produção 1,1 milhão de toneladas de celulose/ano, 100% da madeira utilizada no processo produtivo é certificada ou controlada em conformidade aos princípios e critérios de padrões normativos internacionais. Com 50% de participação cada, seus acionistas são duas grandes no setor de celulose e papel em âmbito internacional: a brasileira Suzano e a sueco-finlandesa Stora Enso.
 

A Veracel é considerada como uma das melhores empresas para se trabalhar na Bahia. Além dos mais de 100 mil hectares de área protegida ambientalmente, é guardiã da maior reserva particular de Mata Atlântica do Nordeste brasileiro e recebeu o Certificado de Serviços Ecossistêmicos do Forest Stewardship Council® - FSC® C017612, emitido no Brasil pela certificadora Imaflora.
 

São 3.191 empregos diretos e cerca de 16 mil beneficiados pelas iniciativas de educação, saúde e geração de renda todos últimos anos. Ser responsável, inspirar pessoas e valorizar a vida é o nosso propósito!


Enquete

Você acha que Jair Bolsonaro deve ser indiciado na CPI da Covid?




VOTAR PARCIAL