Por: Redação / atlanticanews
27/07/2021 - 09:46:15

Estudantes do Ensino Médio, professores e trabalhadores da Rede Estadual de Ensino já estão em sala de aula na Bahia. O retorno às escolas reuniu, nesta segunda-feira (26), a comunidade escolar que desde março de 2020 não participava do ensino presencial. No dia 15 de março deste ano, as aulas voltaram, mas apenas de forma remota. O retorno dos estudantes do Ensino Fundamental está programado para o dia 9 de agosto.

 

Para o retorno presencial, o Governo do Estado investiu cerca de R$ 305 milhões na requalificação e adaptação das escolas públicas. Foram realizadas manutenções e adequações que possibilitam que os estudantes obedeçam protocolos sanitários, como distanciamento social e uso de álcool em gel, além do uso obrigatório de máscaras.

 

Do município de Nova Ibiá, em visita ao Colégio Estadual Maria Lopes Leal, o secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues, comentou a volta às aulas presenciais. “São 780 mil estudantes do ensino médio previstos para iniciar nessa data. Os outros 120 mil do ensino fundamental, iniciaremos no dia 9 de agosto. Vamos aguardar esta semana para a gente poder fortalecer ainda mais o chamamento. Agora, é importante que os pais, as mães e que os responsáveis possam ir numa escola ver o nível de segurança protocolar para que realmente a gente possa garantir uma segurança da saúde dos professores, dos servidores e dos estudantes”.

 

Rodrigues comentou, ainda, sobre o diálogo com a APLB. “Nós estamos conversando, mas a determinação e a orientação do governador é que a gente possa abrir as escolas. Nós já temos os indicadores que nos levaram a essa decisão, de índice de infecção, de unidades hospitalares e UTIs com disponibilidade. Um ano e meio sem atividades, não dá para a gente continuar com a perda e com o prejuízo para e educação e para a formação cidadã. Portanto, nós estamos, sim, confiantes que aos poucos nós fortaleceremos esse movimento de retorno às atividades presenciais, três dias nas escolas, três dias em casa”.


Enquete

Para você, o aumento dos combustíveis é responsabilidade de qual governo?




VOTAR PARCIAL