Por: Redação/Atlanticanews
06/06/2022 - 21:34:39

Tricolor baiano e flamenguista, amante de Muay Thai e pisciano. Ele curte MPB, axé e pop internacional e sonha em cantar com Saulo, Djavan e Léo Santana. Esse é Bernardo Ramos, o porto-segurense morador de Eunápolis que brilhou no palco do The Voice Kids Brasil ao ser selecionado para essa grande aventura na semana passada.

No time de Carlinhos Brown, Bê, como é carinhosamente chamado, teve seu talento revelado ainda aos 7 anos, quando mexia tanto no violão do pai, que acabou ganhando um violão pequeno para ensaiar os seus primeiros acordes. O pai, Neylon Almeida Carvalho, aliás, é uma grande influência na vida musical dele. O motivo, o artista de 14 anos conta em entrevista exclusiva concedida ao ATLÂNTICA NEWS. Confira!

1. Como se sente por começar a se apresentar tão novo para todo o Brasil?

Me sinto muito feliz e já realizado pela oportunidade de participar desse programa com tantas pessoas legais. Com certeza, será um grande aprendizado!!!

2. O The Voice Kids Brasil era um sonho a ser realizado? Desde quando você pensava nessa possibilidade?

Sempre quando me apresentava em público, as pessoas falavam para eu me inscrever no programa, então a vontade foi nascendo a partir disso. Fiz minha primeira inscrição na temporada passada. Esse ano me inscrevi de novo e fui selecionado.

3. De onde vem essa vontade e essa vocação para cantar?

Desde pequeno sempre gostei de ouvir música. Além dos vídeos infantis que ficava vidrado, meu pai tocava violão e cantava pra mim. Então foi natural. Eu mexia tanto no violão de meu pai, que ele se rendeu e me deu um violão pequeno, e foi aí que comecei a ensaiar os primeiros acordes. Meu pai foi uma grande influência porque tinha banda na época da faculdade e sempre cantávamos juntos. Depois entrei na aula de canto e passei a aprimorar cada vez mais o canto. O passo seguinte foi tocar outros instrumentos musicais além do violão. Aí o teclado e a flauta entraram na minha vida também.

4. Você já cantava antes do The Voice? Como era a sua vida antes de entrar para o programa?

Eu cantava na igreja. Hoje ainda participo do grupo do coral e a escola de música sempre proporciona momentos de apresentação, como a Bienal, eventos na cidade, além de participações na minha escola também.

5. Como é sua relação com o técnico Carlinhos Brown? O que te motivou para escolhê-lo como técnico?

Sempre achei Carlinhos Brown um músico e tanto, além de baiano como eu, né?! Eu só tenho a aprender fazendo parte do seu time!

6. Já sabe quando será a sua próxima apresentação na telinha?

Ainda não sei, mas estou ansioso!!!

7. E projetos para shows, já começou a pensar nisso junto com sua família?

Estamos deixando as coisas fluírem naturalmente, se acontecer vai ser ótimo.

8. Sua família deve estar muito orgulhosa de você. A quem você dedica, especialmente, a realização desse sonho?

Sim!!! dedico a toda a minha família! Todos em geral sempre me incentivaram para que eu realizasse esse sonho de estar no The Voice!!

9. E por falar em sonho, qual é o próximo que você quer realizar?

Ahhh, continuar cantando e ser conhecido nacionalmente como artista.

10. Para finalizar, tem algum recado especial para o público que te assiste e já torce por você em Eunápolis e Porto Seguro?

Gostaria de agradecer a todos pela torcida, por cada mensagem recebida de apoio e carinho e dizer que continuem torcendo por mim!!!

Os preparativos para a fase de Batalhas já começaram e muita emoção ainda está por vir para Bê e sua torcida. Acompanhe o The Voice Kids Brasil todas as tardes de domingo, na Rede Globo.


Enquete

Você acredita que teremos um surto de covid após os festejos juninos?




VOTAR PARCIAL