Por: Renato Maurício Prado
10/05/2022 - 16:18:14

Os "processos" de Paulo Sousa não levarão o Flamengo a lugar algum que preste. Com 33.3% de aproveitamento contra times da Série A (10 jogos, apenas duas vitórias, quatro empates e quatro derrotas) e já rondando a zona de rebaixamento, após cinco rodadas no campeonato brasileiro, é evidente que não tem futuro à frente do elenco mais caro do país.

 

O problema é que a saída do treinador não mudará nada, se não forem demitidos com ele todos os principais integrantes do departamento de futebol: vice-presidente, executivo, gerentes e supervisores, chefe do departamento médico e por aí vai. É assustadora a incompetência que campeia pelo Ninho do Urubu. Até quando será bancada pelo presidente Rodolfo Landim é a pergunta que não quer calar.

 

O número de contundidos só faz aumentar (Filipe Luís, sentindo a panturrilha, foi a última vítima) e, não bastasse isso, agora a falta de transparência provoca situações bizarras como as que aconteceram no último jogo, na derrota para o Botafogo.

 

Afinal de contas, Pablo, que saiu contundido na partida anterior, estava ou não recuperado? Se a resposta for positiva, por que não foi escalado, obrigando Paulo Sousa a manter o desastrado improviso de William Arão, como zagueiro (claro, ele falhou de novo, no gol alvinegro)? E se não tinha condições de atuar, pra que viajou e ficou no banco de reservas? Só pra maquiar as estatísticas desastrosas da turma do Tannure?

 

E Marinho, que o próprio DM noticiou que fraturara uma costela? Recuperou-se milagrosamente em tempo recorde, ou era outro a fazer apenas figuração entre os reservas, como Rodrigo Caio? E o goleiro Santos, machucou-se de fato ou permaneceu no Rio porque Sousa queria mesmo escalar Hugo, no seu controverso rodízio de goleiros das Copas e da Liga?

 

Nada é claro, nada é transparente no Ninho do Urubu, que replica os modos dos dirigentes na Gávea, a começar pelo presidente Rodolfo Landim, um dos mais invisíveis presidentes rubro-negros de todos os tempos. A gloriosa era de Jorge Jesus foi apenas a exceção que confirma a incrível incapacidade desta gestão no futebol (que o digam Abel Braga, Domènec Torrent, Rogério Ceni, Renato Gaúcho e agora Paulo Sousa).

 

Quem será o próximo? Se for escolhido por Braz, Spindcl e que tais, com certeza, dará igualmente com os burros n'água. Como já escrevi aqui mesmo, é preciso uma faxina generalizada no Flamengo. Ou, além de passar mais uma temporada sem ganhar nada, correrá o risco de voltar a lutar contra o rebaixamento.

 

Em tempo: Paulo Sousa viu o seu time "avassalador" contra o Botafogo! Então, tá...

 

Este texto não reflete,


Enquete

Você acredita que teremos um surto de covid após os festejos juninos?




VOTAR PARCIAL