Por: O Dia
16/02/2021 - 20:01:39

Em segundo lugar com 68 pontos, a apenas um do Internacional, o Flamengo terá o confronto direto neste domingo (21) às 16h no Maracanã com a possibilidade de assumir a liderança do Campeonato Brasileiro na penúltima rodada. Um enredo que o torcedor rubro-negro conhece bem e que teve final feliz em 2009.



A arrancada atual na luta pelo oitavo título tem semelhanças com a conquista do hexa embalada por Adriano e Petkovic. Afinal, foi apenas na penúltima rodada, com uma vitória por 2 a 0 sobre o Corinthians em Campinas, gols de Zé Roberto e Léo Moura, que o Flamengo assumiu a liderança do Brasileirão de 2009.

Naquela ocasião não houve confronto direto. O Rubro-Negro virou líder com 64 pontos porque o São Paulo perdeu para o Goiás por 4 a 2. Desta vez, o técnico Rogério Ceni, ídolo do clube paulista, pode estar do outro lado e chegar à última rodada dependendo apenas de si. Basta vencer o Internacional.

“Desde sempre, o Flamengo é um time que joga ofensivamente. Jogar pela vitória não é novidade, mas ser obrigado a vencer é uma pressão a mais. Os jogadores estão melhores fisicamente, mais entrosados nesse novo sistema. Chegamos com a parte mental muito forte contra o Internacional”, avaliou Ceni no domingo.

Há 11 anos, o Flamengo atropelou Palmeiras, São Paulo, que terminou em terceiro, e Internacional, vice-campeão, nas últimas seis rodadas. Adriano, Pet e companhia conquistaram cinco vitórias e um empate para levar o clube ao título, confirmado com o 2 a 1 sobre o Grêmio no Maracanã.

Desta vez, o Rubro-Negro também recuperou-se na competição e já vem de cinco jogos de invencibilidade, com quatro vitórias e um empate, podendo até superar a arrancada de 2009. Tudo dependerá da decisão contra o Internacional, para repetir a história e chegar com a vantagem na última rodada, contra o São Paulo, no Morumbi.


Enquete

De quem é a culpa do aumento do combustível?




VOTAR PARCIAL